A bola não é o jogo

24 de novembro de 2010

Fran Papaterra

A Jabulani saiu mais famosa da última copa do mundo do que muitos craques do time campeão. Nem por isso o público confundiu a bola com o jogo, embora muitos técnicos, inclusive nosso Dunga, culpassem a Jabulani (levinha e imprevisível) pelo má técnica de alguns de seus jogadores.

No entanto, em se tratando de comunicação corporativa, é muito comum entender-se por “apresentação” o que deveria ser entendido apenas como “o arquivo de PowerPoint”. Muita gente diz “a apresentação está pronta” quando o que deveria dizer seria “o arquivo de PowerPoint a ser utilizado na apresentação está pronto”. Esta sutileza permitiu o surgimento de agências que apenas embelezam slides de PowerPoint, mas que “vendem apresentações de negócios”.

Continue lendo »

Anúncios

Contar e relatar

20 de outubro de 2010

Augusto Pinto

“Quem conta um conto, aumenta um ponto”, como diz o velho ditado. Por trás dessa frase a sabedoria popular: realmente, quando contamos algo botamos nossa imaginação para funcionar, pois um conto para merecer esse nome precisa ser interessante.

Quando o sargento pede ao soldado que “relate os fatos”, ele não quer enrolação, apenas o que realmente interessa. Já quando um amigo, com uma cervejinha à sua frente, lhe pede para contar uma história, está esperando que você o distraia.

Isso quer dizer que quando contamos algo devemos inventar? NÃO! Mas, quem conta vai um pouco além do simples relato dos fatos, pois coloca alegorias e hipérboles (bonita essa, hein) na sua narrativa, visando torná-la interessante para seu público.

Continue lendo »