Dumbo, o comunicador

23 de junho de 2010

Augusto Pinto

Durante a maior parte de minha vida adulta eu trabalhei como vendedor, ou gerenciando vendedores. Fui CEO de algumas empresas, o que é um sinônimo de vendedor de luxo. O CEO vende para os clientes, vende para os fornecedores, vende para os funcionários, vende para os acionistas e vende até para a esposa, para justificar porque tem que ficar tanto tempo longe de casa.

Ninguém discute que a capacidade de comunicação é uma das qualificações básicas de um bom vendedor. O que poucos se dão conta é que os grandes vendedores têm que ter orelhas grandes como a do Dumbo, para ouvir mais do que falar. Isso me remete a uma velha história que eu vivi, e aprendi, com um dos maiores vendedores que eu já tive oportunidade de ver atuar. Na época eu era um gerente de contas júnior na IBM e meu maior cliente acabara de me comunicar a decisão de trocar todo o parque computacional da empresa, até então 100% IBM, por um outro fornecedor.

Continue lendo »